Category

Coach para Mulheres

E se hoje fosse o seu último dia, você estaria plenamente satisfeito com o que fez?

By | Coach, Coach para Mulheres | No Comments

Não sou adepta a viver uma vida só de hobbies e lazer (apesar de ser um sonho), mas quem assim como eu, consegue trabalhar com algo que realmente gosta, sabe exatamente do que estou falando.
Reflita comigo: quantas vezes no último mês você viveu um dia que realmente lhe agradou? Que no final do dia você colocou a cabeça no travesseiro e teve a certeza que seu dia valeu a pena, que você aproveitou cada segundo do seu tempo da melhor forma possível e com muita energia?

Faça isso para iniciar este novo mês.
Eu creio que quanto maior o nosso equilíbrio, mais perto estamos desta vida que nos satisfaz.
Claro que problemas virão, a gente vai errar, todo mundo erra… Mas não podemos nos abalar, a vontade de continuar é tão grande que não nos deixa parar.

Quando vamos encontrando o equilíbrio entre todas as áreas da nossa vida, passamos a nos aproximarmos deste dia “ideal”, e quando vemos nossa semana está repleto destes dias. Vai por mim! Este é o caminho: busque o autodesenvolvimento e descubra o equilíbrio.
E eu só tenho a agradecer por um dia ter descoberto isso e hoje viver todos os meus dias como se fosse o último, pois nele eu tenho almoço com o meu filho, trabalho que me realiza, surpresas de quem amo, exercícios físicos regulares e até tomar um chá quente no meio da tarde.

Reclamar do que? Para que? Se mesmo aquilo que não dá certo…no final da certo igual, pois só traz aprendizado.
E você quantos dias do mês que passou viveu 24 horas que valessem de fato a pena?

Você é a média das cinco pessoas com quem passa mais tempo

By | Coach, Coach para Mulheres | No Comments

Já ouviu dizer que aves da mesma plumagem voam juntos?
Pois então, isso tem relação com o que JACK CANFILD prega de que: “Você é o resultado das 5 pessoas que mais convive”, mas o que isso quer dizer realmente?

Quantas vezes chegamos com aquela ideia totalmente revolucionária, que tínhamos certeza que seria a coisa certa, que realmente iria fazer a diferença e na primeira oportunidade que temos em compartilhar a ideia com um amigo, ele nos joga pra baixo? Faz você ficar com medo de tomar a tão certa decisão? Zombam de você quando conta que vai começar a correr na segunda-feira ou se matricular na academia e no fim você mesmo até desiste!
Ou por outro lado, como reagimos quando contamos para aquele seu amigo que precisamos perder uns quilinhos e recebemos uma bela ajuda para seguir adiante?

Pois bem, somos diretamente influenciados pelas opiniões, pontos de vistas e atitudes de quem convivemos e escolhemos conviver. E obviamente, quanto mais próximos, maior a influência.
Você pode começar escolhendo as pessoas que vão te influenciar ou seja, as pessoas que vão passar a maior parte do tempo com você. Agora você deve fazer suas escolhas, vai querer ser aquele amigo que te “joga para baixo” ou aquele que te ajuda e motiva a ir adiante? Vai querer ser igual a elas na vida profissional? Familiar? Ou vai querer fazer melhor?
Escolha quem você quer ser e procure andar com as pessoas que possuem conteúdo para que seja possível absorver conhecimentos e traçar caminhos em comum. Esteja sempre disposto a aprender mais e com quem já chegou onde você almeja!


Marcela Eduarda- Coach